12 formas de viver de maneira mais sustentável
Sustentabilidade

12 formas de viver de maneira mais sustentável

Que tal viver de maneira mais sustentável e ajudar o planeta? Veja como isso é possível!

Você sabia que todos os dias fazemos escolhas em nossas vidas que afetam o meio ambiente, o clima e, principalmente, outras espécies?

É verdade. Das escolhas que fazemos para nos alimentar, ao número de filhos que decidimos ter, há muito que podemos fazer para reduzir nossa pegada ambiental e deixar mais espaço para outros animais no ecossistema.

Vamos descobrir como viver de forma mais sustentável? Selecionamos 12 formas de trazer essa vida à tona que certamente vão ajudar.

#1. Pense 2 vezes antes de comprar

Reduzir, reutilizar, reciclar, pode parecer uma filosofia antiga, mas continua sendo tão importante quanto quando a frase foi cunhada pela primeira vez.

Cada produto que compramos tem uma pegada ambiental, desde os materiais usados para cria-lo, até a poluição emitida durante a fabricação, passando pelas embalagens que acabam em aterros sanitários.

Portanto, antes de comprar, pergunte a si mesmo se você realmente precisa do que está comprando.

Se chegar à conclusão de que precisa comprar, considere comprar de forma suave, usando o bom senso e procurando produtos mais sustentáveis.

#2. Certifique-se que suas compras tenham benefícios ambientais

Nem todo mundo pode sair trocando seu carro antigo movido a combustível fóssil pelo carro híbrido amigo do planeta.

Mas você pode optar por alugar uma bike elétrica da E-Moving, que é amiga do planeta e da sociedade.

Se você está comprando uma nova geladeira, lavadora ou secadora, procure o selo Procel de economia para garantir que está comprando equipamentos mais eficientes.

Precisa de um novo aquecedor de água? Considere migrar para o aquecedor solar.

#3. Livre-se do plástico

O plástico nunca desaparece. Todos os anos, milhares de aves marinhas, tartarugas, focas e outros mamíferos morrem depois de ingerirem ou ficarem presos em plástico.

Você pode começar a reduzir os resíduos de plástico com alguns passos simples:

  • Use sacolas reutilizáveis ao fazer compras;
  • Descarte garrafas de água, sacos e canudos descartáveis; e
  • Evite produtos feitos ou embalados em plástico sempre que possível.

#4. Boicote produtos que coloquem em risco a vida selvagem

Produtos que tenham em sua composição animais na lista de espécies ameaçadas têm sua venda proibida.

Mas, se uma planta ou animal ainda não foi listado como ameaçado, eles ainda podem ser prejudicados pelo desejo de alguém lucrar.

Além disso, produtos que prejudicam espécies ameaçadas, prejudicando seu habitat, desde o desmatamento de florestas até o uso da água que as espécies ribeirinhas precisam para sobreviver.

Para evitar contribuir para o perigo da vida selvagem, faça compras conscientes e procure por produtos feitos de materiais sustentáveis, como o bambu, e jante em restaurantes que se recusem a servir espécies ameaçadas.

#5. Preste atenção aos rótulos

Do café às frutas, passando pelas roupas, o número de opções podem ser enormes.

Mas, há alguns itens que devemos evitar, quando se trata de minimizar o impacto na vida e no planeta.

Sempre que possível, escolha produtos certificados pelo selo “Comércio Justo” para  apoiar empresas dedicadas à produção sustentável.

Compre alimentos orgânicos sempre que possível. Pode custar um pouco mais, mas mantém pesticidas fora de nossa terra e água, protegendo os trabalhadores agrícolas, e a vida.

#6. Use a água com inteligência

Elimine a garrafa d’água. As empresas de água tentam dar má reputação a água da torneira, embora a água da sua torneira seja praticamente gratuita e tenha mais testes de qualidade do que muita água engarrafada.

E a extração da água e o engarrafamento da água são notoriamente prejudiciais às comunidades e à vida selvagem.

A conservação da água também e crítica, especialmente porque nossa crescente população aumenta a demanda das fontes de água do país e enfrentamos secas sem precedentes.

Você pode economizar água tomando banhos mais curtos, consertando banheiros com vazamentos e escolhendo opções de equipamentos com baixo fluxo de água.

#7. Dirija menos

Mudar seus hábitos de direção pode reduzir drasticamente sua pegada de carbono.

Caminhe, ande de bicicleta, use caronas ou o transporte público sempre que possível.

Participe ou comece dias sem carro em sua comunidade.

#8. Mantenha sua casa conservada

Assim como manter seu carro em forma melhora sua eficiência de combustível, manter sua casa em forma melhora sua eficiência energética.

Certifique-se de que sua casa tenha isolamento adequado e janelas de economia de energia, além de lâmpadas que economizem energia para iluminação mais eficiente.

#9. Escolha formas renováveis de energia

Eliminar o hábito de utilizar combustíveis fósseis é fundamental para salvar a vida, desacelerar a mudança climática e proteger nossas terras e águas.

Sendo assim, sempre que possível, utilize energias limpas – vindas da energia solar, por exemplo.

Além de serem fontes limpas de energia, você ainda pode vender a energia restante para sua concessionária de energia.

#10. Revise seus hábitos alimentares

A produção de carne é uma das indústrias ambientalmente mais destrutivas do planeta, responsável por enormes quantidades de uso de água, poluição, emissões de gases de efeito estufa e destruição do habitat.

Ao reduzir o consumo de carne, você reduz a sua pegada ambiental. Além disso, mais de 40% dos alimentos são desperdiçados no mundo – desperdiçando também, todos os recursos naturais necessários para produzi-los.

Impeça o desperdício de alimentos com maneiras inteligentes e planejadas de  comprar e consumir.

#11. Opte por uma família menor

Com mais de 7,5 bilhões de pessoas no mundo, e aumentando a cada dia, nossas demandas por comida, água, terra e combustíveis fósseis estão levando outras espécies à extinção.

Podemos alcançar uma população ecologicamente sustentável em formas que promovam direitos humanos; diminuir a pobreza e a superlotação; elevar nosso padrão de vida; e permitir que ecossistemas prosperem.

É hora de falar sobre o crescimento descontrolado da população, a crise da extinção das espécies, e que tipo de futuro queremos para a vida selvagem, para o planeta e para nós mesmos.

#12. Use sua voz e seu voto

Uma das melhores coisas que você pode fazer pela vida selvagem e pelo planeta, hoje e no futuro, é envolver-se politicamente em sua comunidade e em nível nacional.

Vote em candidatos com fortes plataformas ambientais.

Incentive seus representantes a aprovar políticas mais rigorosas para limitar os gases de efeito estufa, combater as mudanças climáticas, proteger a vida selvagem e apoiar o acesso a serviços de saúde reprodutiva.

Uma educação melhor, proporcionando acesso a serviços de planejamento familiar diminui o tamanho da família e nossa pegada de carbono, ajudando crianças e animais a prosperarem.

Você está pronto para viver de forma mais sustentável?

Hoje compartilhamos com você algumas dicas de como é possível viver de forma mais sustentável.

Como você pode perceber, nenhuma dessas formas exige radicalismo, nem medidas extremas.

Precisamos, apenas, de consciência e boa vontade.

Você escolhe a pegada que quer deixar no mundo: a da sustentabilidade, ou a do incentivo à exploração, desmatamento e poluição.

Hoje, demos a você algumas opções e estamos abertos para receber suas sugestões.

Mesmo que você aplique apenas 1 das dicas que compartilhamos aqui, estará ajudando o mundo a viver de maneira mais sustentável.

Artigos Relacionados