Quem nunca chegou atrasado no trabalho ou para um compromisso importante porque ficou preso no trânsito? Muito além do desconforto causado pelas desculpas que você é obrigado a dar. Descubra os  prejuízos causados pelo trânsito na sua vida. Você nem imagina!

Para se ter uma ideia, diariamente os paulistanoss enfrentam um congestionamento de cerca de 300 quilômetros na parte da tarde, com um pico de lentidão que chega a prender no trânsito 1 milhão de veículos ao mesmo tempo. Impressionante, não?

Nós sempre tivemos a sensação de que além do calor insuportável que sentimos nos congestionamentos, mesmo com ar-condicionados ligados, e do estresse causado pelo barulho das buzinas, estamos perdendo dinheiro no trânsito. Mas, será que sabemos exatamente quanto?

 

Prejuízos causados pelo trânsito: Dinheiro saindo em forma de fumaça

Uma pesquisa feita pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2013, mostrou que só na cidade de São Paulo, cada proprietário de veículo gasta cerca de R$ 930,00 por ano com combustível perdido em congestionamentos. Dinheiro este que seria suficiente para pagar uma passagem aérea de São Paulo à Miami, ou o aluguel de uma bike elétrica durante 5 meses, por exemplo.

Já uma pesquisa realizada pelo IBOPE em 2015 mostrou que se o tempo que os paulistanos gastam anualmente em congestionamentos fosse somado, ele totalizaria 1 mês e meio por pessoa.

Apostamos que você adoraria passar um mês e meio de férias, viajando ou curtindo com a família, certo? E imagina perder de repente 1 mês e meio do seu salário? Pois bem, essas são só algumas das consequências dos congestionamentos diários na sua vida.

 

Muito além da grana: Os impactos do trânsito na sua saúde

Pior do que perder dinheiro, são os impactos que o trânsito traz para a nossa saúde física e emocional.

Mas um dos vários prejuízos causados pelo trânsito é a falta de saúde, causada pela negligência de fatores tão importantes nas nossas vidas, somada ao estresse das horas perdidas no transporte, do barulho das buzinas e de possíveis discussões com outros motoristas, que podem trazer doenças graves, como cardiopatias, obesidade, depressão e síndrome do pânico, por exemplo.

 

Não entre em pânico, uma outra alternativa é possível!

Com tantos fatores negativos, pode parecer difícil encontrar uma solução para o caos causado pelo trânsito nas nossas vidas, mas a resposta para esse problema é mais simples do que parece.
Nós da E-Moving acreditamos que uma mobilidade mais sustentável pode transformar a vida das pessoas. A prova viva do que sempre falamos é o efeito positivo que as nossas bikes elétricas têm gerado na vida de nossos clientes.

Ao visitar a E-Moving, por exemplo, um de nossos clientes compartilhou o ganho de tempo que teve em seu dia ao alugar uma de nossas e-bikes:

“Antes eu gastava mais ou menos 2 horas e 20 minutos no trajeto casa-trabalho/trabalho-casa, percurso que agora faço em 40 minutos, graças à bike elétrica.”

Ou seja, o nosso cliente deixou de ficar 100 minutos diários presos no trânsito, o que se fizermos algumas contas e considerarmos que ele trabalhe apenas em dias úteis, somam 18 dias por ano, que ao invés de perdidos no trânsito, podem ser gastos com as atividades que ele quiser, como cuidar de si mesmo, adquirir mais conhecimento, ou passar mais tempo com a família e os amigos, por exemplo.

Além disso, o nosso cliente vendeu o seu carro e, já considerando os custos de locação da bike elétrica, economiza cerca de R$ 3.300 por mês, somando R$ 39.600 ao ano. Uma boa quantia, não? O que você faria com esse dinheiro extra?

Para saber ainda mais sobre o assunto e entender como a mobilidade urbana sustentável tem mudado a vida das pessoas ao redor do mundo, leia nosso artigo sobre a cidade de Londres.

COMPARTILHAR: