Quanto custa uma moto elétrica?

Quanto custa uma moto elétrica?

terça-feira, julho 05, 2022

As mobilidades elétricas chegaram com tudo no mercado prometendo um menor custo financeiro para os motoristas e levando na bagagem o problema que atinge o mundo todo: a poluição gerada por veículos a combustão. 

Para evitar os altíssimos gastos em postos de gasolina, principalmente no momento atual em de alta dos preços de combustível, os pilotos podem avaliar a troca da moto convencional por uma moto elétrica. As mobilidades elétricas podem ser recarregadas em tomadas comuns de residências.

Ao trocar o combustível pelo carregamento da bateria da moto elétrica em casa, a diferença no custo acaba sendo do local em que as baterias são carregadas. Mas afinal, quanto isso irá custar? Qual o valor de ‘abastecer’ uma moto elétrica?  

Quanto custa uma moto elétrica

O custo de abastecimento de uma moto elétrica é feito a partir de quantos Quilowatt-hora (kWh) possui a capacidade da bateria da moto. Também é necessário saber o valor do kWh cobrado pela companhia responsável que oferece energia elétrica ao imóvel.

O valor do kWh é a base do preço da própria energia, ou seja, o valor cobrado na conta de luz. A mensalidade cobrada na conta de energia elétrica pela companhia responsável se refere a quantos kWh foram gastos no imóvel no período. Outras cobranças também são incluídas na conta, como a taxa de iluminação pública, por exemplo. 

O preço varia de acordo com a tarifa das bandeiras que indicam a intensidade do consumo do imóvel: a cor verde indica um consumo de baixo a moderado, já a cor vermelha se refere a um alto gasto de energia elétrica.

O custo do kWh é variável para cada região e empresa responsável pela distribuição de energia elétrica no país. Segundo o Ranking da tarifa Residencial – R$/kWh a região da tarifa de energia elétrica mais barata é SC e a mais cara é RJ. 

Como calcular minha conta de luz

O consumo de energia elétrica de um imóvel pode ser calculado de forma fácil e rápida, basta multiplicar o valor da tarifa do kWh pela quantidade de kWh gastos no mês. Por exemplo, digamos que a tarifa de São Paulo cobrada pela Eletropaulo é de R$594 por kWh e uma casa tenha gasto 100kWh. O valor da conta será de R$59,40 desconsiderando os impostos e bandeiras. 

R$/kWh x kWh = valor da conta de luz

(R$)0,594 x 100 = 59,40

Qual o custo de uma moto elétrica

As motos elétricas possuem dois tipos diferentes de baterias, 2,4kWh e 1kWh, o tipo de bateria varia de acordo com o modelo da moto. 

O cálculo do custo de carregamento da bateria da moto elétrica é semelhante ao da conta de luz. Deve-se trocar o valor do consumo mensal de energia pela capacidade da bateria. Ou seja, para dar carga em uma bateria de 2,4kWh, vão ser gastos R$1,425 e para uma bateria de 1 kWh o custo é de 0,594.

R$/kWh x capacidade da bateria (kWh) = valor da conta de luz

(R$) 0,594 x 2,4 = 1,425

R$/kWh x capacidade da bateria (kWh) = valor da conta de luz

(R$) 0,594 x 1 = 0,594

Os valores acima se referem a uma carga completa de bateria e a cada recarga o valor é somado ao restante dos gastos elétricos do local e cobrados na conta de luz. 

Vale a pena assinar uma moto elétrica?

Sim! 

O custo-beneficio do valor cobrado na conta de luz para recarga da bateria, quando comparado ao que seria gasto de combustível com uma moto convencional, é significativamente menor. 

Além disso, o aluguel de uma moto elétrica contempla todos os custos com documentação e taxas já inclusos na mensalidade. As manutenções preventivas também estão inclusas na mensalidade sem nenhum custo, ou seja: economia em dobro. 

Assinatura de moto elétrica

Prevista para chegar no Brasil em agosto de 2022, a moto elétrica W125 é o modelo que estará disponível para aluguel de motos elétricas na E-Moving.

Segundo Rodrigo Gomes, à frente da Watts, as primeiras entregas das motos elétricas estão previstas para agosto de 2022, mas a distribuição se inicia a partir de setembro.

A moto elétrica W125 conta com autonomia de até 150 Km e suporta até duas baterias de lítio. A velocidade máxima atingida é de até 100 Km/h e o peso suportado é de aproximadamente 160 Kg.  

A moto elétrica é indicada para empresas que querem reduzir custos, implementar ações ambientais e de ESG nos processos internos. Por não emitir gases poluentes a empresa contratada pode se beneficiar com o crédito de carbono.

O valor da assinatura varia de acordo com o tempo de contrato e a quantidade de motos alugadas. Os planos disponíveis são de 12, 24 e 36 meses e os valores são a partir de R$699,00 mensais.  

Outro aspecto importante em sustentabilidade é que na assinatura de moto elétrica a empresa, além de não ser responsável pela emissão de CO2, também não irá produzir lixo com o descarte futuro do material. A assinatura da moto elétrica consiste em disponibilizar a moto para o colaborador da empresa contratante utilizar conforme a necessidade e futuramente, caso não venha mais precisar, a moto em perfeitas condições será disponibilizada para outra assinatura. 

Empresas que atuam no segmento de entregas de mercado, comidas, farmácias, produtos pet, segurança privada, logística e diversos outros, podem contar com a praticidade, economia e rapidez de motos elétricas para tornar seus deslocamentos mais eficientes e aumentar os índices de produtividade da equipe. 

Conheça a E-Moving

Atualmente existe para as empresas uma grande preocupação nas responsabilidades sustentáveis da corporação. As práticas ecológicas e sustentáveis em uma empresa podem ser despertadas por diferentes frentes, como visão positiva do cliente e investidores, equiparação com a concorrência, preocupação e senso de responsabilidade ambiental e com o entorno. 

Independente do motivo, é fato: empresas que possuem práticas sustentáveis são mais bem vistas e saem na frente das demais. 

Com uma mobilidade elétrica a empresa terá o ambiental e o social, contribuindo para a redução do aquecimento global e emissões de carbono, diminuição da poluição do ar e da água, diminuição do desmatamento, relacionamento com o entorno, satisfação do cliente, engajamento e segurança de colaboradores e muitos outros.

Implementar uma mobilidade elétrica na sua empresa pode ser o ponto chave para o reconhecimento de sua marca e a E-Moving oferece ESG através de mobilidade elétrica sustentável. 

Com sete anos no mercado de mobilidade elétrica a E-Moving vem inovando e transformando a forma de se locomover. Indique para sua empresa e conheça mais sobre os planos de assinatura da E-Moving no site: https://e-moving.com.br/.

Seja sustentável com a E-Moving. Vamos juntos transformar a mobilidade urbana!

O que você achou dessa publicação?

0 / 5. 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.