Recomendações para prevenir o coronavírus no ambiente de trabalho!
Geral

Recomendações para prevenir o coronavírus no ambiente de trabalho!

A seguir separamos algumas maneiras simples de impedir a propagação do coronavírus no seu local de trabalho segundo documento da OMS. As medidas são de baixo custo e ajudam a evitar a propagação de outras infecções além do coronavírus.

Vamos às recomendações: 

  • Verificar se os locais de trabalho estão limpos e higienizados: mesas, cadeiras, telefones, teclados e outros equipamentos precisam ser higienizados com pano e desinfetante regularmente (a contaminação de superfícies é uma das principais formas de transmissão de Covid-19);
  • Promover a lavagem regular e completa das mãos por todos da empresa;
  • Colocar dispensadores de álcool gel 70% em locais de destaque no local de trabalho. Certifique-se de que esses dispensadores são recarregados regularmente;
  • Exibir pôsteres promovendo a lavagem das mãos e a higiene respiratória;
  • Aplicar outras medidas de comunicação, como oferecer orientação de oficiais de saúde, briefings em reuniões e informações na intranet para promover os cuidados essenciais;
  • Certificar-se de que todos tenham acesso a locais onde possam lavar as mãos com água e sabão, a lavagem mata o vírus nas  mãos e evita a propagação do COVID19;
  • Promover boa higiene respiratória no local de trabalho, fique atento aos aparelhos de ar condicionado;
  •  Verifique se existem máscaras faciais e/ou lenços de papel nos seu local de trabalho para aqueles que desenvolvam coriza ou tosse no trabalho;
  • Informar aos funcionários que, se o COVID-19 começar a se espalhar em sua comunidade, qualquer pessoa com tosse leve ou febre baixa (37,3 C ou mais) precisa permanecer em casa. Eles também devem ficar em casa (ou trabalhar em casa) se estiverem tomando simples medicamentos, como paracetamol, ibuprofeno ou aspirina, que podem mascarar sintomas de infecção
  •  Continue comunicando e promovendo a mensagem de que as pessoas precisam ficar em casa mesmo se tiverem apenas sintomas leves de COVID-19.
  • Deixe claro para os funcionários que eles poderão contar esse tempo como licença médica;
  • Lenços descartáveis devem estar disponíveis em diversos locais do ambiente de trabalho para assoar o nariz ou tossir sem espalhar gotículas com vírus;
  • Se não tiver um lenço à disposição, cubra a boca e o nariz com o antebraço ao tossir ou espirrar. E lave o braço assim que possível;
  • Se possível e em caso de surto, incitar o trabalho remoto (em um esquema de home office, por exemplo) auxilia a evitar contatos desnecessários. Além disso,  funcionários deixam de usar o transporte público, onde há grandes aglomerações.

Viagens a trabalho: 

  • Verifique se sua organização e seus funcionários têm as informações mais recentes sobre áreas onde o COVID-19 está se espalhando;
  • Consulte conselhos nacionais de viagens;
  •  Avaliar os benefícios e riscos relacionados aos próximos planos de viagem.É possível postergar ou fazer uma reunião à distância?
  • Evite enviar funcionários com maior risco de doenças graves (por exemplo, idosos e pessoas com condições médicas, como diabetes, doenças cardíacas e pulmonares) para áreas onde o COVID-19 está se espalhando;
  • Verifique se todas as pessoas que viajam para locais que relatam COVID-19 são informadas por um técnico qualificado;
  • Considere levar álcool-geral para a viagem e lave bastante as mãos;
  • Ao voltar de um lugar com surto ativo, fique especialmente atento aos sintomas dessa doença respiratória por 14 dias. A empresa também deve monitorar o indivíduo durante o período;

Lembre-se, nada de pânico! Mantenha a calma e as precauções necessárias! Vamos passar por essa pandemia juntos!

 

Artigos Relacionados