Vale a pena trocar meu carro por uma bicicleta?
Mobilidade

Vale a pena trocar meu carro por uma bicicleta?

Você sabia que a bicicleta pode ser o seu melhor meio de transporte para o trabalho? Aqui estão os motivos porque você deveria considerá-la

O ciclismo ressurgiu enquanto as pessoas procuravam maneiras simples de economizar dinheiro, diminuir seu impacto no meio ambiente e fazer exercícios.

Tudo isso, praticamente, ao mesmo tempo.

O número de bicicletas que estão chegando no mercado nesse momento, está começando a superar o número de carros vendidos.

Há alguns anos, algumas pessoas começaram a vender seus carros. Feito isso, o primeiro passo que muitos dão é optar pelo transporte público.

Mas, por dezenas de motivos, logo essas pessoas acabam partindo para a bicicleta.

Nesse movimento, essas pessoas acabam pedalando, em média, 10 quilômetros por dia durante a ida e volta ao trabalho.

A bicicleta é usada, muitas vezes, em integração para o metrô. Afinal, nem todo mundo mora ao lado do metrô e, nem sempre é possível ir andando.

E é aí que está o pulo do gato. Enquanto as pessoas começam a testar as bicicletas, elas acabam se apaixonando por esse novo meio de transporte.

A bicicleta, que muitas vezes, acaba sendo substituída pela bicicleta elétrica, faz com que as pessoas descubram um estilo de vida que, até então desconheciam.

Se você ainda não sabe se vale a pena trocar o seu carro por uma bicicleta elétrica, não tem problema.

Hoje, vamos mostrar algumas razões porque quem optou pela troca adorou a bicicleta e, você vai descobrir se vale a pena se dar uma chance.

#1. Baixo custo de manutenção

Muitas lojas de bicicletas já ensinam técnicas e dicas de manutenção de bicicletas de forma gratuita.

Mas, isso não é tudo.

Se você optar por alugar uma bicicleta elétrica, ao invés de comprar uma, nem precisará se preocupar com revisão e manutenção.

Com o aluguel de bicicletas elétricas, você terá sua revisão assegurada e ainda estará muito bem servido se, por exemplo, precisar trocar ou repor peças de sua bateria.

 

#2. É um ótimo exercício

Muitas pessoas acreditam que uma bicicleta elétrica não é um meio de transporte que permita a prática de exercícios.

Ledo engano.

Apesar de ter a ajuda de um motor elétrico nas pedaladas, uma bicicleta elétrica não substitui o pedal.

Inclusive, é justamente o ato de pedalar que coloca o motor para funcionar.

Por isso que uma bicicleta elétrica ainda continua sendo uma bicicleta.

O papel do motor é tornar a pedalada mais suave. E isso permite que você tenha um melhor desempenho, por exemplo, em subidas, diminuindo o seu esforço e evitando que você sue demais no trajeto para o trabalho.

Pedalar é um ótimo exercício e, mesmo com uma bicicleta elétrica ajudando você, já é necessário para que não seja visto como sedentário.

#3. É divertido

Você certamente tem boas memórias de quando andou de bicicleta pela primeira vez em sua vida.

Lembra do quanto foi divertido e de quanto a sensação de liberdade tornava tudo ainda melhor?

Muitas pessoas se conectam com o prazer que tinham ao andar de bicicleta em suas infâncias quando começam a criar o hábito de pedalar para ir ao trabalho.

E algumas acabam transcendendo o caminho para o trabalho, encontrando outros momentos para pedalar mais e mais.

Optar pela bicicleta, mesmo que, inicialmente, no trajeto para o trabalho, pode te ajudar a redescobrir um amor esquecido.

Se você não anda de bicicleta há anos, certamente o fator diversão vai ajudar você a se envolver novamente com o pedal.

#4. Alivia o estresse

Muitos profissionais lidam diariamente com altos níveis de pressão e estresse. Esse estresse se acumula durante o dia e quando chegamos em casa, estamos sem nenhuma energia.

A bicicleta é um ótimo aliado no combate do estresse.

Sair do trabalho, montar na bicicleta e pedalar até em casa ajuda você a chegar revigorado. Isso funciona todos os dias e ajuda a deixar o estresse fora de nossa vida e relacionamentos pessoais.

Você tem problemas com estresse? Que tal experimentar a bicicleta, por pelo menos 1 semana e sentir os efeitos que ela pode causar positivamente em você?

Temos certeza que você sentirá os efeitos do estresse diminuírem e, muito em breve vai adotar a bicicleta como seu meio de transporte oficial para ir ao trabalho.

 

#5. Economia

Os custos de uma bicicleta são muito pequenos e, podem ser menores, inclusive do que ir e voltar para o trabalho de ônibus ou metrô.

Principalmente se estivermos falando em aluguel de bicicleta, os custos podem ser muito acessíveis e úteis para você.

Se compararmos o custo de ir de bicicleta para o trabalho, versus o custo de ir de carro para o trabalho, o custo de pedalar pode chegar a 10% do custo de ir de carro, considerando apenas gastos com combustível e estacionamento.

Comparar a bicicleta com o carro é algo injusto.

Não dá para comparar o consumo desenfreado de um automóvel em um país como o nosso, em que o preço do combustível, custo de aquisição e manutenção do veículo são tão grandes.

Mas, apenas para que você entenda o que estamos dizendo: ao longo da vida, você irá economizar R$ 1 milhão ou mais ao optar pela bicicleta ao invés do carro.

O impacto é grande e bem real. Não se assuste.

Escolha a bicicleta elétrica para trabalhar

Não estamos fazendo uma apologia para que você venda seu carro e ande apenas de bicicleta.

Muito pelo contrário. Sabemos que hoje ter um carro na garagem é muito importante para a família e, por isso, acreditamos ser essencial que você tenha o seu.

Mas, muitas vezes, o custo de um segundo carro, usado apenas para se deslocar para o trabalho pesa demais no orçamento familiar e pode ser facilmente descartado e substituído por uma bicicleta elétrica.

Dê uma chance à bicicleta. Tente incluir a bicicleta elétrica nas suas idas ao trabalho. Você sentirá o benefício e terá muitas chances de se apaixonar.

Você pode se surpreender pelo quanto vai gostar dessa decisão, e o quanto ela fará bem a você. Temos certeza que, depois de experimentar, você não vai querer desistir.

Eleja a bicicleta elétrica como seu meio oficial de transporte para o trabalho.

Artigos Relacionados